Abril 12, 2021

Cantor country encontra cadáver em parque na véspera de Ano Novo, e detalha coincidências surpreendentes do dia; entenda

O artista norte-americano de country, Tyler Rich, detalhou o momento angustiante em que descobriu o corpo de um homem morto, enquanto corria em um parque na véspera de Ano Novo. Mais tarde, ele ainda contou nas redes sociais, uma história surpreendente de como essa situação chocante teve relação com o horário “11:11”.

Tudo começou na sexta-feira (1), quando o cantor compartilhou uma série de postagens no Instagram, em que descrevia como encontrou o corpo de um jovem enquanto corria no Chicopee Memorial State Park, em Massachusetts (EUA).

“Não do jeito que planejei fechar 2020… Acho que meu último dia do ano fez sentido. Meu coração se parte por este pobre jovem. Esta será uma imagem e um momento da minha vida que nunca esquecerei”, escreveu Rich sobre o incidente.

Tyler Rich é um cantor de country dos Estados Unidos. (Foto: Getty Images)

Rich explicou que viu o que pensou ser um “jovem sem-teto dormindo” em uma área densamente arborizada no parque estadual. “Depois de correr em volta dele, me senti mal por ele, ele estava dormindo de bruços e parecia que estava em um lugar ruim. Então, eu me virei e voltei para ver como ele estava”, declarou.

[anuncio]

O artista percebeu que o homem não estava respirando e, quando se aproximou dele, viu “um rosto sem vida coberto de sangue por toda parte. Parecia talvez um tiro ou força bruta”. Então, ele imediatamente tentou encontrar alguém com um telefone para chamar a polícia, pois estava sem. Um casal próximo o deixou usar o telefone e Rich “passou cerca de uma hora fazendo declarações para policiais estaduais, FBI, polícia local, detetives etc”.

Tyler descreveu o cadáver como um “jovem” que parecia ter entre 18 e 25 anos. “A pele dele ainda estava branca. Não parecia que tinha acontecido muito antes de eu chegar lá”, observou. “Depois de algum tempo, os policiais encontraram uma arma em uma das mãos sob o corpo, o que significa que pode ter sido um suicídio… não que haja qualquer tipo de coisa que possa me ajudar a lidar com encontrá-lo assim”, lamentou.

“Mas, com certeza saber que ele não estava ali descartado por outra pessoa, e que estava onde queria estar, pelo menos, me deixará um pouco mais à vontade”, pontuou. “Estou fazendo o que posso para processar isso, a imagem, a realidade. Foram 24 horas difíceis. Algo que nunca deixarei de ver… Quem quer que você seja e seja, que descanse em paz”, finalizou.

[anuncio]

Coincidências surpreendentes do caso

Mais tarde, Rich compartilhou mais atualizações da história: “O nome dele era Eric… vejo que ele era um fã de filmes de terror e pop punk. Tínhamos muito em comum”, escreveu. O artista disse que sentiu que encontrar o corpo do homem “era para ser”, já que ninguém mais na área “o entendia como eu”.

“Ainda refletindo sobre esse sentimento constante de que eu estava naquela parte aleatória do parque no momento exato em que deveria estar, para encontrar aquele jovem. Existem muitas coincidências que me fazem realmente acreditar que ele me levou para onde ele estava”, explicou.

[anuncio]

Rich contou que encontrou o homem por volta do meio-dia. “Cerca de 30 minutos depois, olhei para o meu relógio. Meu aplicativo de corrida fez uma pausa assim que parei e o encontrei, e disse que meu ritmo médio naquela hora era… 11:11. Eu disse à polícia e ao casal que me deu o telefone, que olhassem para o meu relógio, e que talvez fosse um bom presságio”.

O cantor, então, disse que conversou com a mãe do rapaz que morreu. “Conversamos sobre a linha do tempo e a série de eventos. Ela me contou que a última mensagem foi às 11:11. E eu o encontrei apenas 45 minutos depois. Eu realmente acredito que seu espírito me levou para baixo daquele lado aleatório da montanha para encontrá-lo”.

Ele continuou: “Eles dizem que quando você vê o 11:11, que os anjos estão com você e desejam tudo o que você quiser. Para se sentir à vontade. Que o universo está do seu lado. Muitos de vocês conhecem a minha música ‘11: 11′. É sobre perda. Portanto, sempre que vejo esses números, isso ressoa em mim. Essa série específica de pequenos eventos está de alguma forma trazendo conforto para a família dele e para mim”.

O post Cantor country encontra cadáver em parque na véspera de Ano Novo, e detalha coincidências surpreendentes do dia; entenda apareceu primeiro em Notícias.

You may have missed

5 min read
5 min read
2 min read