Janeiro 21, 2021

RedeTV! processa Tatá Werneck por danos morais após piada no ‘Prêmio Multishow’; Advogado da atriz rebate acusações: “Desesperados por dinheiro”

Tatá Werneck está sendo processada pela RedeTV!, após fazer uma piada sobre a emissora na apresentação do “Prêmio Multishow 2020”, transmitido em novembro deste ano. Na ocasião, a humorista brincou dizendo que seu vestido custaria uma grade no canal. Segundo Léo Dias, colunista do Metrópoles, a ação movida por Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho, donos da empresa, pede uma indenização de R$ 50 mil.

Gente, não repare, eu vim de moto direto, entendeu? Eu vim assim. Peguei (a roupa) no varal, tá molhada ainda. Isso aqui é o orçamento de uma grade da RedeTV!. Pelo amor de Deus gente, não quero que vocês reparem“, ironizou Tatá em seu diálogo inicial, em que conversava com Paulo Gustavo e Iza. Com isso, a defesa da emissora afirma que a atriz diminuiu a qualidade de sua roupa e a associou “de forma totalmente descabida ao orçamento e à qualidade técnica” do canal. Assista ao momento:

Neste contexto, podemos ver, de forma cristalina, que a Ré faz chacota da emissora Rede TV!, comparando em tom de ironia a qualidade de sua vestimenta à qualidade e capacidade financeira desta emissora. A Ré declara, de forma inegável, que a sua roupa, molhada e amarrotada, teria o orçamento igual ou maior do que o de uma ‘grade’ inteira desta emissora autora, criticando grosseiramente toda a qualidade da programação, bem como, a capacidade financeira da autora“, alegam os advogados da RedeTV!.

[anuncio]

Os defensores da emissora apontam ainda uma possível perseguição de Tatá em relação à empresa, afirmando que piadas de teor pejorativo envolvendo o canal são recorrentes no repertório da apresentadora. Em 2018, ela disse durante a CCXP, que agradecia a Deus por não ter feito parte do programa “Pânico na TV”, humorístico que integrou a grade da RedeTV! de 2003 até 2012.

Segundo os advogados, essas falas acabam manchando a imagem do canal no mercado. “Contudo, não se pode olvidar que as atitudes da ré [Tatá] acabam por impingir nesta emissora a pecha de ser um canal de má qualidade ou ter capacidade financeira precária, prejudicando relações com investidores, talentos, anunciantes, etc.“, pontua a ação.

Tatá durante apresentação do “Prêmio Multishow 2020”. (Foto: Reprodução/ Multishow)

Os comentários levados a termos pela ré abalaram enormemente a imagem desta emissora. Tais ataques repercutiram terrivelmente entre seus telespectadores e o público em geral. A autora, empresa televisa e de mídia reconhecida nacionalmente, teve sua honra objetiva completamente maculada por comentários abusivos e sem qualquer base factual“, alegam os advogados. Tatá está sendo acusada de praticar ato ilícito e causar danos morais à emissora.

Defesa de Werneck se manifesta

Ao site “Notícias da TV”, do UOL, o advogado de Werneck afirmou que a RedeTV! “perdeu completamente o senso do ridículo”. Ricardo Brajterman classificou o processo como uma tentativa de ganhar dinheiro. “Esse processo, sim, é uma piada infame, fadado ao insucesso. A fala da Tatá está dentro do limite constitucional da liberdade de expressão e da liberdade artística, em nenhum momento houve discurso de ódio e muito menos, por exemplo, uma manifestação para que boicotem a emissora, o que poderia, em tese, gerar algum dano“, afirmou o profissional.

[anuncio]

A visão da RedeTV! é tão obtusa que não conseguiu enxergar que a manifestação da Tatá foi positiva para o canal. Essa ação é um tiro no pé, pois é nítido o interesse de escuso de abocanhar uma indenização indevida, fomentando a ‘indústria do dano moral’“, continuou Ricardo.

Entretanto, se a RedeTV! está tão desesperada por dinheiro, a ponto de fabricar um processo totalmente descabido para pedir R$ 50 mil a Tatá, eu posso tentar convencer minha cliente a doar o vestido que ela usou no Prêmio Multishow, e eles ainda podem ficar com o troco“, ironizou, por fim.

Tatá quebra o silêncio

De maneira discreta, porém sarcástica, Tatá se manifestou sobre o episódio. Em seu Twitter, a humorista compartilhou o print de uma publicação de Marcelo de Carvalho, vice-presidente da RedeTV!. “Minha solidariedade ao Faustão. Isso de ‘politicamente correto’ é um saco. Coisa de patrulhinha de esquerda. Todo mundo sacaneava todo mundo, todo mundo levava na boa. Agora é ‘bullying’. Falta de inteligência, idiotice. Daqui a pouco nem piada pode mais”, diz o texto.

Na sequência, a mãe de Clara Maria ainda mandou a seguinte indireta: “Com medo da Globo e Multishow descobrirem que faço piadas muito piores sobre o orçamento deles”.

O post RedeTV! processa Tatá Werneck por danos morais após piada no ‘Prêmio Multishow’; Advogado da atriz rebate acusações: “Desesperados por dinheiro” apareceu primeiro em Notícias.

You may have missed

2 min read
2 min read
2 min read
Cresta Help Chat
Send via WhatsApp