Abril 18, 2021

Clínica do Ronco em Brasília

Clínica do Ronco em Brasília – Tratamento para ronco e sono em Brasília – Tratamento para a Apneia e Ronco na cidade de Brasília – DF.

Mais de 30% da população é afetada pelo ronco e apneia do sono. Sintomas que podem afetar diretamente a qualidade do sono, fazendo a pessoa despertar durante a noite ou não conseguir dormir profundamente e desfrutar de um sono reparador. Pessoas assim, acordam cansadas e ficam sonolentas ao longo do dia, além de correrem o risco de desenvolverem vários problemas de saúde. Encontre um tratamento eficaz para apneia do sono em Brasília, clínica especializada em Otorrino Brasília e Medicina do Sono.

(61) 3346-7689

A apneia obstrutiva do sono é basicamente uma parada respiratória de 10 segundos, podendo estar associada ao ronco. O ronco nada mais é do que a vibração intensa dos tecidos da garganta provocada pela passagem do ar inspirado de forma enérgica. A maior parte da pessoas que rocam, tem apneia.

Pessoas que acordam cansadas e sonolentas ao longo do dia, correm o risco de desenvolver vários problemas de saúde. Encontre um tratamento eficaz da apnéia do sono em Brasília, uma clínica especializada em otorrinolaringologia e medicina do sono.

O tratamento errado pode causar sérios danos ao paciente e mascarar a doença. Por isso, a Clínica em Brasília possui médicos para o tratamento do ronco em Brasília e tratamento para apneia do sono em Brasília.

Quando o ronco é associado à apneia do sono, pode gerar diversos outros problemas de saúde como sonolência diurna, falta de memória, irritabilidade. Em quadros mais avançados, pode levar a complicações cardíacas como a hipertensão e a predisposição ao infarto, e a problemas neurológicas como um AVC. E este são apenas dois dos mais de 80 distúrbios do sono catalogados pela medicina.

Um tratamento equivocado pode levar a sérios prejuízos ao paciente e mascarar doenças. Por isso, a Clínica em Brasília conta com médicos experientes para o tratamento para ronco em Brasília tratamento para apneia do sono em Brasília. Nos casos de apneia obstrutiva leve, são indicados, de acordo com cada caso, os aparelhos orais utilizados durante o sono que conduzem a língua para frente e afastam os tecidos da garganta (PLG) ou os aparelhos de pressão positiva (CPAP) que mantém as paredes da faringe afastadas e impede o colapso da via aérea. Nos casos cirúrgicos, podem ser indicados a Uvulopalatofaringoplastia e a Cirurgia Ortognática.

Clínica especializada em otorrinolaringologia realiza os exames necessários para avaliar e diagnosticar pacientes com distúrbios do sono, oferecendo tratamentos completos para apneia em Brasília e ronco em Brasília. É composta por um corpo clínico de alta qualificação e experiência; médicos que fazem parte de órgãos de renome que envolvem esta especialidade.

Rouquidão
A definição de rouquidão é a alteração na qualidade da voz, ou mudança de seu tom, geralmente para um tom mais áspero, que pode vir acompanhada de dor ao falar ou mesmo cansaço.

Isso evidencia que o funcionamento da laringe apresenta problemas que podem acabar refletindo nas cordas vocais, causando o problema.

Essa rouquidão pode ser classificada como aguda, quando é de curta duração, e crônica para os casos de duração mais longa.

O que causa rouquidão?
Em grande parte dos casos de rouquidão, o problema se manifesta após períodos de infecção respiratória, que fazem com que músculos, membranas e cordas vocais fiquem irritados, causando a alteração no tom de voz.

A rouquidão pode ser um fato isolado, decorrente do uso excessivo da voz, como também pode surgir na forma de sintoma de outras doenças.

As principais causas da rouquidão são:

Uso excessivo da voz
Nódulos presentes nas cordas vocais
Ingestão de líquido químico altamente agressivo
Puberdade
Gripes e resfriados
Reações alérgicas
Tosse
Fumo e bebidas alcoólicas em excesso
Câncer na garganta ou laringe
Refluxo

Rouquidão pode ser um sintoma de câncer na garganta?
É preciso ter cuidado na hora de fazer esse tipo de associação, pois como vimos no tópico anterior, câncer de garganta ou laringe podem ter entre seus sintomas a rouquidão.

Porém, isso não significa que o menor sinal de alteração no seu tom de voz, principalmente quando ele se torna mais áspero, significa que se trata de um câncer em desenvolvimento.

Quando sozinha a rouquidão não apresenta maiores problemas, porém, quando em conjunto com outros sintomas pode indicar quadros mais graves.

Como tratar a rouquidão?
O tratamento da rouquidão pode ser bastante simples e efetivo se realizado corretamente, já que não se tratar de um quadro grave na maioria das vezes.

Para fazer com que a rouquidão desapareça rapidamente você deve:

Ingerir bastante água
Usar água morna e sal para fazer gargarejos
Usar sempre um tom de voz moderado
Consumir alimentos e bebidas em temperaturas amenas
Descansar a voz
Com isso é possível que a rouquidão desapareça completamente em pouco tempo, fazendo com que sua voz volte ao normal.

É possível prevenir a rouquidão?
Pouca gente se preocupa com os cuidados que devem ser tomados para manter a saúde de suas cordas vocais, mas esse tipo de cuidado pode evitar que problemas como a rouquidão se desenvolvam.

Com alguns cuidados simples é possível prevenir a rouquidão de forma bastante satisfatória, como por exemplo:

Beber bastante água
Trabalhar bem a articulação da boca ao falar
Cuidados para evitar o refluxo
Usar moderadamente a voz
Evitar o fumo.

Distúrbios do sono

Os distúrbios do sono mais comuns são a insônia, a apnéia obstrutiva do sono e a síndrome das pernas inquietas. São comuns também o sono insuficiente e o atraso de fase de sono.

Insônia:

A insônia é a dificuldade de iniciar o sono, mantê-lo continuamente durante a noite ou o despertar antes do horário desejado. Estes episódios de insônia podem estar relacionados a vários fatores, e são bastante individuais: expectativas (viagem, compromissos, reuniões, prova, etc.), problemas clínicos, problemas emocionais passageiros, excitação associada a determinados eventos. Mas pode tornar-se crônica e provocar muito sofrimento ao longo dos anos.

A insônia está associada a vários fatores. Algumas pessoas apresentam maior tendência à insônia e quando expostas a condições de estresse, doenças ou mudança de hábitos, desenvolvem episódios de insônia. Estes episódios podem se prolongar por muito tempo, principalmente porque a pessoa tende a associar suas dificuldades de dormir a uma série de comportamentos: esforço para dormir, permanência na cama só para descansar, elaboração de pensamentos e planejamentos na hora de dormir, atenção às suas preocupações, atenção a fenômenos do ambiente, como ruídos e pessoas que estão dormindo, provocando sempre uma supervalorização destes fatos, o que realimenta a insônia.

Apnéia Obstrutiva do Sono:

A Apnéia Obstrutiva do Sono caracteriza-se pela obstrução da via aérea no nível da garganta durante o sono, levando a uma parada da respiração, que dura em média 20 segundos. Após esta parada, a pessoa acorda, emitindo um ronco muito barulhento. A apnéia obstrutiva do sono pode ocorrer várias vezes durante a noite, havendo pessoas que apresentam uma a cada um ou dois minutos.

Em longo prazo, pacientes com apnéia obstrutiva do sono podem desenvolver doenças nas artérias, provocadas pelo acúmulo de colesterol nas suas paredes, além de provocar a ocorrência de infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral (derrame). Também pode se desenvolver a síndrome metabólica, que é a ocorrência de distúrbios da gordura e do açúcar do sangue, hipertensão arterial e aumento da circunferência abdominal. Quem apresenta esta síndrome tem maior tendência a ter infarto do miocárdio e derrame cerebral.

Clínica do Sono

You may have missed