Abril 12, 2021

Bolsonaro nega privatização da Ceagesp: ‘nenhum rato vai sucatear’

O presidente Jair Bolsonaro em visita à Ceagesp, em São Paulo

O presidente Jair Bolsonaro em visita à Ceagesp, em São Paulo
DANILO M YOSHIOKA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO 15.12.2020

O presidente Jair Bolsonaro negou nesta terça-feira (15) a possibilidade de que a Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) seja privatizada. O serviço pertence à União, que chegou a assinar um acordo com o governo de São Paulo prevendo a transferência do espaço para uma área próxima ao Rodonael. 

Em visita à Ceagesp para a reinauguração da Torre do Relógio, um dos marcos do espaço, o presidente se dirigiu às pessoas que o acompanhavam para afirmar que o serviço não irá para a iniciativa privada. “Enquanto eu for presidente da República, essa é a casa de vocês”, afirmou. “Nenhum rato vai querer sucatear isso aqui para privatizar pros seus amigos”, disse. 

Bolsonaro parabeniza Biden por vitória em eleição nos EUA

O termo pode ter sido um ataque velado ao governador de São Paulo, João Doria, que já tem travado batalhas com o presidente no tema da pandemia de covid-19 e da vacinação da população. 

Doria firmou acordo com o ex-secretário especial de Desestatização do governo Bolsonaro, Salim Mattar, para a transferência da Ceagesp. A previsão divulgada pelo governo de São Paulo foi de inaugurar o novo espaço em 2024.

You may have missed

5 min read
5 min read
2 min read