Abril 14, 2021

Esposa de Stênio Garcia detona Silvio de Abreu e relembra rixa entre eles: “Ele destruiu o meu marido”

Marilene Saade colocou a boca no trombone! Em entrevista à jornalista Fábia Oliveira, divulgada nesta sexta-feira (11), a esposa de Stênio Garcia teceu uma série de críticas ao autor de novelas Silvio de Abreu. Ela afirmou que o escritor seria “castigado por Deus”, alegando que ele teria deixado Stênio “na geladeira” da Globo por muitos anos, sem lhe dar um maior destaque.

“O Silvio destruiu meu marido e será destruído por Deus. Ele é rico, não precisa trabalhar. A gente precisa. Mas confio na justiça divina e ele vai pagar caro”, disparou Saade, que ainda mencionou que Silvio teria sido muito “cruel” com Garcia. “A saída dele da emissora todos já sabiam que era questão de tempo, mas pro meu marido essa saída foi tarde demais. Sorte de quem ficou. Saindo a vacina vamos ter que encontrar um caminho. Esse ser chamado Silvio foi tão cruel com o Stênio que só Deus mesmo. Entregamos pra Deus”, continuou.

Mari Saade, esposa de Stênio Garcia, “rogou a praga” que Silvio de Abreu seria destruído pelo que teria feito. (Foto: Reprodução/Instagram)

De acordo com a colunista do jornal “O Dia”, “Salve Jorge” foi a última novela em que Stênio atuou do início ao fim, no ano de 2012. Foi nesta época que Silvio de Abreu assumiu a direção do núcleo de dramaturgia da emissora. Segundo o ator, desde então, ele nunca mais trabalhou em uma obra completa da Globo. Sua presença nas produções do canal ficou restrita a pequenas participações, como a que fez em “Deus Salve o Rei”.

[anuncio]

Em março de 2020, Stênio foi demitido após 47 anos na casa. Pouco depois, em junho, Silvio de Abreu anunciou sua saída da emissora, dizendo que se aposentaria. Fábia quis saber se, com isso, haveria alguma possibilidade do eterno Bino de “Carga Pesada” retornar ao canal. Mas Marilene acredita que não. “Depois que mandam embora, após 47 anos, nenhuma empresa faz outro contrato de prazo indeterminado. Não existe essa possibilidade”, opinou.

“O Silvio tinha que ter saído antes dos sete anos que ele deixou meu marido sem trabalho e vivendo de salário base. Eu sem querer escrevi no feed [o motivo da briga entre Silvio e Stênio] e o Silvio cortou a cabeça dele por minha causa”, explicou a atriz.

[anuncio]

Segundo Saade, a incerteza e insegurança por conta da pandemia também impossibilitam um retorno de Garcia à Globo. “Por obra certa a gente não sobrevive e não interessa. Recontratar? Não existe essa possibilidade. Sem vacina então, nem por obra certa. Ter contrato e certa estabilidade, plano de saúde… é bem melhor pra nós, que vivemos só disso”, declarou ela, que assumiu meses atrás que teve de cortar muitos gastos depois que o marido perdeu o emprego.

Stênio e Silvio de Abreu teriam se desentendido ainda no ano de 1968, quando o dramaturgo teria se indignado com a separação do artista com a atriz Cleyde Yáconis. O escritor de “Rainha da Sucata” teria tomado as dores de sua amiga, após um divórcio feito de forma inesperada, quando o ator a comunicou sobre o término através de um bilhete de pão. Para Marilene, isso se deu porque ele era “homem novo e, por isso, covarde”.

O post Esposa de Stênio Garcia detona Silvio de Abreu e relembra rixa entre eles: “Ele destruiu o meu marido” apareceu primeiro em Notícias.

You may have missed