Janeiro 27, 2021

Após denúncia, senador aciona TCU e MPF contra filho de Bolsonaro

Na imagem, Jair Renan, filho de Bolsonaro

Na imagem, Jair Renan, filho de Bolsonaro

Reprodução/ Instagram

O senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) protocolou, nesta quinta-feira (10), duas representações para investigar suposto beneficiamento do filho 04 do presidente Jair Bolsonaro, Jair Renan Bolsonaro, em contratos firmados pela União junto a empresas para prestação de serviços ao governo federal. 

As representações foram protocoladas junto ao TCU (Tribunal de Contas da União) e MPF (Ministério Público Federal). 

Leia mais: Oposição vai à PGR após denúncia contra filho de Bolsonaro

As denúncias foram publicadas em reportagem veiculada pelo jornal Folha de S. Paulo. De acordo com a publicação, a Astronautas Filmes foi usada gratuitamente na cobertura de fotos e vídeos da inauguração de uma empresa criada pelo filho 04 do presidente. Em 2020, a empresa já teria recebido R$ 1,4 milhão da União.

“Uma empresa com diversos contratos junto ao Poder Executivo presta serviços de forma gratuita para o filho de quem manda no Poder Executivo”, questionou Rodrigues. “A justificativa apresentada, de permuta na divulgação das marcas, não se sustenta diante da situação”, acrescentou.

You may have missed

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp