Abril 18, 2021

Cerca de 300 ônibus protestam na Esplanada dos Ministérios no DF

Uma manifestação organizada por pequenas empresas de ônibus que oferecem fretamento colaborativo de viagens, por meio de aplicativos semelhantes ao Uber, ocorre na manhã desta quarta-feira (2), em Brasília. São cerca de 300 ônibus, 500 motoristas e outros 1.000 manifestantes, todos vinculados à cadeia do transporte por aplicativo 

Manifestantes reivindicam a abolição imediata do chamado “circuito fechado”, que é a obrigatoriedade de venda das passagens de ida e volta de uma mesma viagem para o mesmo grupo de passageiros. Os ônibus chegaram à capital de madrugada. O protesto acontece em forma de comboio e passa pela Esplanada dos Ministérios

As empresas têm uma série de queixas contra a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). Elas acusam alguns fiscais do órgão de perseguirem, de forma proposital, as empresas que operam por aplicativos. Isso ocorre, por exemplo, por meio da interrupção de viagens e apreensões de veículos, desrespeitando decisões judiciais que permitem as viagens

Os manifestantes reclamam que a ANTT protege as grandes empresas tradicionais do setor de ônibus e criticam projetos de lei que, segundo eles, podem concentrar ainda mais a autorização de atuação para poucos grupos econômicos, impedindo a livre concorrência

You may have missed