Abril 13, 2021

TRF1 libera acesso a alguns sistemas após ataque hacker

TRF1 sofreu ataque hacker em 26 de novembro

TRF1 sofreu ataque hacker em 26 de novembro
Pixabay

O TRF1 (Tribunal Regional da Primeira Região) liberou o acesso a alguns sistemas informatizados nesta segunda-feira (30). 

Dando sequência à liberação gradual dos sistemas, foram liberados o Portal da Justiça Federal, o Sistema PJe de Primeiro e Segundo Graus, o Sistema de Processos Administrativos Eletrônicos SEI, a Consulta Processual e o Sistema de Requisições de Pagamentos Judiciais utilizado pelos Tribunais de Justiça em relação à competência delegada, além de outros sistemas de uso interno.

No sábado (28), o TRF1 emitiu nota em que esclarece as medidas tomadas após o ataque hacker sofrido na noite de quinta-feira (26), que expôs dados sensíveis de mais de 40 bases de dados do tribunal.

Segundo o Tribunal, “a equipe de resposta a incidentes de segurança do TRF 1ª Região vem trabalhando para revisar as eventuais vulnerabilidades dos serviços e sistemas da JF1 mais estratégicos para permitir a sua liberação com segurança”. 

Outros sistemas devem ser liberados nos próximos dias. 

Ataque hacker

O ataque foi comemorado nas redes pelos invasores, que afirmaram ter capturado os dados e que, dessa forma, conseguiram mostrar a “vulnerabilidade” do sistema do TRF1. O tribunal, que abrange casos de 13 Estados e do Distrito Federal, é o que abriga mais processos no País.

Em um site usado por hackers para expor vazamentos, foram publicados nomes de arquivos que estariam em quatro das 47 bases de dados do TRF1 acessadas pelos invasores.

You may have missed