Dezembro 4, 2020

Príncipe William quebra o silêncio sobre investigação envolvendo entrevista polêmica de Lady Di; saiba os detalhes

O príncipe William recebeu com satisfação o início de uma investigação movida pela BBC , buscando resolver um polêmico episódio entre a emissora e princesa Diana. No final de outubro, o jornal The Sunday Times reportou que ainda em 1995, Lady Di teria sido chantageada pelo jornalista Martin Bashir a conceder uma entrevista para o programa “Panorama”. No bate-papo controverso, Diana falou de seu problema com a bulimia, o fracasso do casamento com príncipe Charles, como foi criar os filhos sob os holofotes, sua entrada na família real, e muito mais.

Vinte e cinco anos mais tarde, o irmão da princesa, o conde Charles Spencer, acusou Bashir de ter falsificado extratos bancários para obter a exclusiva. Os documentos forjados indicavam que alguém da equipe real estaria vendendo informações da família para a mídia. Com medo de que conversas privadas possivelmente tivessem sido gravadas “por espiões do serviço secreto” e fossem expostas, a princesa de Gales topou o encontro.

[anuncio

Nessa quarta (18), a BBC disse ter designado o ex-juiz do Supremo Tribunal, John Dyson, para realizar uma investigação externa. William, por sua vez, se mostrou contente com o andar da carruagem, em comunicado divulgado pelo Palácio de Kensington. “Esta investigação independente é um passo na direção certa. Deve ajudar a estabelecer a verdade, após as ações que levaram à entrevista do ‘Panorama’ e às decisões subsequentes tomadas pela BBC na época”, declarou.

“Esta investigação independente é um passo na direção certa”. (Foto: Getty)

Uma fonte próxima ao futuro rei informou ao Daily Mail que este é um assunto muito pessoal para William: “É claro que isso se trata de proteger o legado de sua mãe, então é um assunto muito pessoal. Ele está de olho no que está acontecendo. A BBC o manteve informado de maneira adequada. No final, o que ele quer é o mesmo que todos os outros — que a verdade seja descoberta e qualquer ação apropriada seja tomada”.

Segundo a People, Spencer enviou uma carta mordaz ao chefe da BBC em 3 de novembro, acusando a emissora de “desonestidade”. [A BBC] ainda não se desculpou pelo que realmente importa aqui: a falsificação incrivelmente séria de extratos bancários sugerindo que os confidentes mais próximos de Diana a estavam espionando para seus inimigos. Isso, por sua vez, levou à reunião em que apresentei Diana a Bashir, em 19 de setembro de 1995. Isso levou à entrevista”, recordou.

“A BBC até agora se recusa a reconhecer o fato. Eles afirmam que Diana não foi enganada. Eles ignoraram minha pergunta para saber se o pedido de desculpas por seus extratos bancários falsos se estende àqueles que realmente persuadiram Diana a se encontrar com Bashir”, completou.

 Lady Di faleceu no dia 31 de agosto de 1997, em um acidente de carro. (Foto: Getty)

Ainda ontem (18), o diretor-geral da BBC, Tim Davie, disse em nota que a rede “está determinada a descobrir a verdade sobre esses eventos”. “É por isso que encomendamos uma investigação robusta e independente. O ex-Juiz da Suprema Corte, John Dyson, é uma figura eminente e altamente respeitada que conduzirá um processo completo”, acrescentou. Além disso, Davie avisou que desculpas foram feitas a Spencer.

O post Príncipe William quebra o silêncio sobre investigação envolvendo entrevista polêmica de Lady Di; saiba os detalhes apareceu primeiro em Notícias.

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
01511987618725