Novembro 28, 2020

Número de casos de covid-19 no mundo ultrapassa os 50 milhões

Cidades italianas como Turim estão em confinamento por conta da segunda onda Mourad Balti Touati / EFE - EPA - 8.11.2020 O número global de casos de infecção pelo novo coronavíru...
Cidades italianas como Turim estão em confinamento por conta da segunda onda

Cidades italianas como Turim estão em confinamento por conta da segunda onda

Mourad Balti Touati / EFE – EPA – 8.11.2020

O número global de casos de infecção pelo novo coronavírus bateram a marca dos 50 milhões de pessoas contaminadas neste domingo (8), segundo o levantamento da Universidade Johns Hopkins. Até o momento, foram registradas mais de 1,25 milhão de mortes.

Leia também: Coronavírus: por que Dinamarca isolou áreas do país e abaterá 17 milhões de visons

A propagação da covid-19 pelo mundo se intensificou no último mês com um grande crescimento nos EUA e a segunda onda na Europa, que levou a adoção de medidas de restrição em países como Espanha e Itália, os mais atingidos no início da pandemia, entre fevereiro e março.

A velocidade com que a doença tem crescido aumentou. A subida de 30 milhões para 40 milhões de casos levou cerca de um mês. Entre 40 e 50 milhões de infectados, o intervalo foi de três semanas.

Países mais atingidos

Nos EUA, a doença se espalhou num ritmo acelerado e o país se tornou o primeiro a ultrapassar os 100 mil novos casos registrados em um único dia na semana passada. Com as aglomerações causadas por manifestações, protestos e comemorações em torno da eleição presidencial, o ritmo não deve cair.

O país segue como o mais atingido no mundo pela pandemia, com mais de 9,8 milhões de infectados, quase 20% do total, além de 237 mil mortes.

A Índia tem atualmente mais de 8,5 milhões de contaminações, com 126 mil mortes atribuídas à covid-19. É o segundo país em casos e o terceiro em óbitos. O Brasil, por sua vez, é o segundo em falecimentos, com 162 mil e o terceiro em casos, com 5,6 milhões.

Segunda onda na Europa

A Europa, com cerca de 12 milhões de casos, voltou a ser a região mais afetada, ultrapassando a América Latina. O continente europeu é responsável por 24% das mortes por covid-19.

A região está registrando cerca de 1 milhão de novas infecções a cada três dias aproximadamente, de acordo com uma análise da agência Reuters. Isso é 51% do total global. A França contabiliza 54.440 casos por dia na média de sete dias, uma taxa mais alta do que a Índia, que tem uma população muito maior.

A segunda onda global está testando sistemas de saúde em toda a Europa, levando Alemanha, França e Reino Unido a determinar novamente que muitos cidadãos fiquem em casa.

A Dinamarca, que impôs um novo lockdown à sua população em várias áreas do norte, ordenou o abate de 17 milhões de visons, depois que uma mutação do coronavírus encontrada nos animais se espalhou para os humanos.

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
01511993455895