Dezembro 3, 2020

Forte divisão nos EUA pode gerar ‘governo paralisado’, diz especialista

Gunther Rudzit

Gunther Rudzit
Divulgação

A sociedade americana está rachada e isso pode levar à violência no curto prazo e a um governo paralisado no médio prazo, na opinião do professor de relações internacionais da ESPM Gunther Rudzit.

Em entrevista na Live JR desta sexta-feira (6), ele avaliou que os cidadãos americanos estão divididos politicamente, mas não entre democratas e republicanos, conforme os principais partidos, mas sim como sociedade rural e urbana. 

O argumento se baseia na apuração dos votos da eleição americana, que mostram o presidente Donald Trump com forte preferência dos eleitores de cidades pequenas e médias e dos estados do interior do país. Por outro lado, o democrata Joe Biden tem maior apoio na população das maiores cidades, mesmo aquelas dentro de estados tradicionalmente republicanos. É que se vê, por exemplo, na região de Atlanta, na Geórgia, área metropolitana que vem colaborando para que Biden lidere no estado, apesar do força dos republicanos no interior.

Participaram da conversa os jornalistas Celso Freitas, André Tal e Evelyn Bastos, correspondente internacional da Record TV em Washington, nos Estados Unidos.

Rudzit avalia que a eleição ficará marcada pela mobilização e pela divisão da sociedade. “Se a gente pegar os mapas de votação de Trump e Biden, é muito claro. Nos grandes centros urbanos e subúrbios que são de classe média e classe média alta, Biden ganhou disparado. Mesmo no Texas, que é tradicionalmente republicano. Uma sociedade bastante rachada, e por isso mesmo há o grande temor de violência devido a essa falta de decisão rápida”, disse. 

Ele avalia que a postura de Trump, de colocar em xeque a apuração sem apresentar provas, estimula a possibilidade de conflitos. 

“Essa atitude dele está causando esse receio porque é uma sociedade extremamente armada. Estamos falando de rifles semiautomáticos. E isso não é só do lado republicano. Parte da sociedade democrata também é armada. O receio é que essa intransigência de Trump em reconhecer possa levar a algum tipo de enfrentamento nas ruas”, afirma. 

Já a médio e longo prazo, a forte divisão da sociedade ajudaria a empacar projetos do governo, causando resistência no Legislativo e levando a um governo paralisado. “E os maiores problemas que a sociedade vivencia acabam dessa forma não sendo resolvidos, sendo o primeiro a pandemia. Como não houve uma ‘onda azul’, a divisão pode levar a uma paralisação do governo americano, e os problemas irão se acumulando. Isso pode afetar a democracia e a economia americana, que é o diferencial dos EUA, que o faz ser uma grande potência”, diz.

Live JR

A atração do Jornal da Record recebe, toda semana, personalidades da política e da economia do país. As entrevistas acontecem todas as sextas-feiras. O público pode acompanhar ao vivo na Record News, pelo R7 e pelas redes sociais do Grupo Record.

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
01511987618725