Dezembro 3, 2020

EUA têm nova noite de protestos contra e a favor contagem de votos

Os Estados Unidos tiveram uma nova noite de protestos contra e a favor da contagem de votos nos estados decisivos desta eleição, na quinta-feira (5), a terceira noite de apuração

Na Pensilvânia, um dos estados decisivos, manifestantes pró-Trump tomaram as ruas. A polícia está investigando uma possível tentativa de ataque contra um dos centros de contagem de votos na Filadélfia

Em Nevada, estado que pode dar a vitória a Joe Biden, manifestantes pró-contagem de votos pediram que todos os votos sejam contados e agradeceram o trabalho dos fiscais

Em contrapartida, apoiadores de Donald Trump pediram que a contagem fosse suspensa e acusaram a apuração de ser fraudada

Na noite de quinta-feira (5), Trump alegou que há fraude eleitoral e votos ilegais, o que não é comprovado. Os apoiadores foram as ruas pedindo que apenas os “votos legais” fossem contados

No Arizona, estado que está sendo liderado por Joe Biden, manifestantes pró-Trump foram as ruas com armas pedindo o fim das contagens

O estado já teve mais de 90% das urnas apuradas e muitas projeções já apontam a vitória de Joe Biden, mas o presidente encurtou a diferença de votos durante a quinta-feira

Em Miami, onde a apuração já acabou e onde o presidente venceu, manifestantes voltaram às ruas pedindo o fim da apuração em outros estados

Em Wisconsin, onde Joe Biden venceu com uma margem pequena de votos, apoiadores de Trump pediram a recontagem 

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
01511987618725