Dezembro 3, 2020

Covid-19: Rússia ultrapassa pela 1ª vez marca de 20 mil casos diários

Rússia registrou nesta sexta-feira (6) mais 20.582 novos casos da doença

Rússia registrou nesta sexta-feira (6) mais 20.582 novos casos da doença
EFE

A Rússia registrou nesta sexta-feira (6) mais 20.582 casos de covid-19, a maior marca desde o início da pandemia, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde local. Essa foi a primeira vez que o país ultrapassou a marca de 20 mil contágios nas 85 regiões do território.

Com isso, o total de infecções no país chegou a 1,71 milhões. O número de mortes, por sua vez, saltou para 29.887, das quais 378 foram notificadas no boletim do Ministério da Saúde desta sexta-feira.

Em Moscou, que permanece sendo o epicentro da pandemia na Rússia, foram detectados 6.253 novos casos da doença, o maior número desde o dia 7 de maio.

O prefeito da capital russa, Sergey Sobyanin, escreveu nesta quinta-feira (5) em seu blog que “no início desta semana, a situação começou a piorar de novo, o que é evidente pelo número de novos diagnóstico em pacientes e pelas hospitalizações.”

Tendo isso em vista, ainda nesta quinta-feira, o prefeito prolongou até 22 de novembro determinação de aulas à distância para os estudantes maiores de 14 anos e manteve a obrigatoriedade do uso de máscara em todos os lugares, inclusive os abertos.

Por outro lado, o governo moscovita mantém a postura de não decretar medidas mais rígidas para conter a propagação do novo coronavírus. A recomendação é que os maiores de 65 anos e os doentes crônicos permaneçam em casa e que pelo menos 30% dos funcionários públicos e privados façam o trabalho remotamente.

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
01511987618725