Dezembro 3, 2020

Segundo projeções, Biden precisa de um estado para vencer

Joe Biden só precisa ganhar em um dos quatro estados chaves para ser eleito

Joe Biden só precisa ganhar em um dos quatro estados chaves para ser eleito
Kevin Lamarque / Reuters – 4.11.2020

O candidato do Partido Democrata à Casa Branca, Joe Biden, continua à frente do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, do Partido Republicano, na disputa por delegados para o Colégio Eleitoral do país – órgão responsável por decidir a eleição presidencial desta terça-feira (3), que não é direta -, de acordo com projeções da imprensa americana.

Biden lidera as projeções com 264 delegados, contra 214 de Trump, e está muito perto de se eleger, já que o candidato que chegar a 270 do total de 538 garante a vitória no pleito. O número desses delegados varia conforme o estado em disputa e é definido pela população de cada um.

– Acompanhe a cobertura completa das Eleições EUA 2020 –

Segundo as mais recentes projeções, Biden levou a melhor em Michigan, e com isso terá os 16 delegados do estado.

Caso o resultado se confirme, Biden conseguirá os 16 delegados de Michigan no Colégio Eleitoral – órgão que define o vencedor das eleições, que não são diretas – e chegará a 264, contra 214 de Trump, ficando assim muito perto dos 270 necessários para se eleger.

Agora Biden só precisa ganhar em mais um dos quatro estados-chave com apuração em curso (Nevada, Geórgia, Pensilvânia e Carolina do Norte) para garantir mais que 270 delegados.

Biden aparece à frente de Trump nas urnas apenas em Nevada, mas as autoridades eleitorais desse estado do oeste anunciaram que não vão divulgar os resultados até quinta-feira (5).

Na verdade, novos resultados são esperados nesta quarta-feira somente na Geórgia, onde Trump está pouco mais de um ponto percentual à frente de Biden.

Em Michigan, de acordo com a contagem provisória, Biden ganhou com 49,8% contra 48,6% para Trump, ou cerca de 67.000 votos. Este é o terceiro estado em que o candidato democrata reverteu uma vitória republicana no pleito de 2016, depois de Arizona e Wisconsin.

Michigan era um dos três estados do Meio Oeste, junto com Wisconsin e Pensilvânia, que Trump ganhou de surpresa e por uma margem estreita em há quatro anos, abrindo seu caminho para a Casa Branca.

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
01511987618725