Novembro 24, 2020

No Twitter, Trump questiona apuração e vantagem de Biden

<div class="media_box full-dimensions660x360"> <div class="edges"> <img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/eleicoes-eua-donald-trump-04112020144159947?dimensions=660x360" title="Trump contestou a apuração em estados importantes " alt="Trump contestou a apuração em estados importantes " /> <div class="gallery_link"> </div> </div> <div class="content_image"> <span class="legend_box ">Trump contestou a apuração em estados importantes </span> <span class="credit_box ">Carlos Barría / Reuters - 4.11.2020</span> </div> </div> <p> O presidente dos EUA, Donald Trump, voltou a contestar a contagem de votos da <strong><a href="https://noticias.r7.com/internacional/eleicoes-eua-2020" target="_blank">eleição presidencial</a></strong> em alguns estados norte-americanos nesta quarta-feira (4), depois que os resultados começaram a favorecer seu oponente, o democrata Joe Biden.</p> <p> <a href="https://noticias.r7.com/internacional/eleicoes-eua-2020/apuracao" target="_blank"><strong>Acompamhe a apuração do votos da eleição nos EUA</strong></a></p> <p> "Estão achando votos para Biden em todas as partes — em Michigan, Pensilvânia e Wisconsin. Isso é ruim para o nosso país", escreveu Trump no início desta tarde.</p> <p>  </p> <div class="media_box embed network_box" data-name="twitter"><blockquote class="twitter-tweet"><p lang="en" dir="ltr">They are finding Biden votes all over the place — in Pennsylvania, Wisconsin, and Michigan. So bad for our Country!</p>&mdash; Donald J. Trump (@realDonaldTrump) <a href="https://twitter.com/realDonaldTrump/status/1324032541544927233?ref_src=twsrc%5Etfw">November 4, 2020</a></blockquote> <script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></div> <div class="related_content"> <h6>Veja também</h6> <ul> <li><a href="http://noticias.r7.com/internacional/eleicoes-nos-eua-quantos-votos-tem-cada-estado-no-colegio-eleitoral-04112020">Eleições nos EUA: Quantos votos tem cada Estado no Colégio Eleitoral?</a></li> <li><a href="http://noticias.r7.com/internacional/participacao-nas-eleicoes-americanas-e-a-maior-em-112-anos-04112020">Participação nas eleições americanas é a maior em 112 anos </a></li> <li><a href="http://noticias.r7.com/internacional/quais-sao-as-proximas-etapas-da-eleicao-presidencial-nos-eua-04112020">Quais são as próximas etapas da eleição presidencial nos EUA</a></li> </ul> </div> <p>  </p> <p> A reclamação se deve ao fato de que, na véspera, ele estava na frente em alguns desses estados. Isso aconteceu porque os votos dados pessoalmente no dia da eleição foram computados antes, enquanto votos antecipados, muitos dos quais foram de eleitores democratas, entraram na conta depois.</p> <p> <a href="https://noticias.r7.com/internacional/campanha-de-trump-diz-que-pedira-recontagem-de-votos-em-wisconsin-04112020" target="_blank"><strong>Campanha de Trump diz que pedirá recontagem de votos em Wisconsin</strong></a></p> <p> Mais cedo, o Twitter restringiu a visibilidade de outro post de Trump, com alegações parecidas, de que ele estaria perdendo votos em estados democratas onde ele liderava no início da apuração.</p> <div class="media_box embed network_box" data-name="twitter"><blockquote class="twitter-tweet"><p lang="en" dir="ltr">Last night I was leading, often solidly, in many key States, in almost all instances Democrat run &amp; controlled. Then, one by one, they started to magically disappear as surprise ballot dumps were counted. VERY STRANGE, and the “pollsters” got it completely &amp; historically wrong!</p>&mdash; Donald J. Trump (@realDonaldTrump) <a href="https://twitter.com/realDonaldTrump/status/1324004491612618752?ref_src=twsrc%5Etfw">November 4, 2020</a></blockquote> <script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></div> <p> Historicamente, no entanto as fraudes eleitorais costumam ser pequenas em votações antecipadas, segundo um levantamento feito no início deste ano.</p> <iframe frameborder="0" id="iframe-gallery" src="/embeds/gallery/5fa2aed0416eb9c28a0007f7" style=" width: 790px; overflow: hidden; height: 750px;"></iframe>
Trump contestou a apuração em estados importantes

Trump contestou a apuração em estados importantes

Carlos Barría / Reuters – 4.11.2020

O presidente dos EUA, Donald Trump, voltou a contestar a contagem de votos da eleição presidencial em alguns estados norte-americanos nesta quarta-feira (4), depois que os resultados começaram a favorecer seu oponente, o democrata Joe Biden.

Acompamhe a apuração do votos da eleição nos EUA

“Estão achando votos para Biden em todas as partes — em Michigan, Pensilvânia e Wisconsin. Isso é ruim para o nosso país”, escreveu Trump no início desta tarde.

 

 

A reclamação se deve ao fato de que, na véspera, ele estava na frente em alguns desses estados. Isso aconteceu porque os votos dados pessoalmente no dia da eleição foram computados antes, enquanto votos antecipados, muitos dos quais foram de eleitores democratas, entraram na conta depois.

Campanha de Trump diz que pedirá recontagem de votos em Wisconsin

Mais cedo, o Twitter restringiu a visibilidade de outro post de Trump, com alegações parecidas, de que ele estaria perdendo votos em estados democratas onde ele liderava no início da apuração.

Historicamente, no entanto as fraudes eleitorais costumam ser pequenas em votações antecipadas, segundo um levantamento feito no início deste ano.

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
01511993455895