Novembro 24, 2020

Executivo do Google diz que streamers deveriam pagar licença aos criadores dos jogos

<p> Executivo do Google diz que streamers deveriam pagar licença aos criadores dos jogos<br> Outerspace</p> <p>Um diretor de criação do Google Stadia argumentou que aqueles que fazem streaming de game...</p> <p>O conteúdo <a rel="nofollow" href="https://www.noticiasultimahora.com.br/executivo-do-google-diz-que-streamers-deveriam-pagar-licenca-aos-criadores-dos-jogos/">Executivo do Google diz que streamers deveriam pagar licença aos criadores dos jogos</a> aparece primeiro em <a rel="nofollow" href="https://www.noticiasultimahora.com.br/">Notícias Última Hora</a>.</p>

Executivo do Google diz que streamers deveriam pagar licença aos criadores dos jogos

Executivo do Google diz que streamers deveriam pagar licença aos criadores dos jogos
Outerspace

Um diretor de criação do Google Stadia argumentou que aqueles que fazem streaming de gameplay no YouTube e Twitch deveriam pagar royalties aos desenvolvedores e editoras dos jogos.

Alex Hutchinson, que trabalhou como diretor de criação em jogos como Far Cry 4, Assassin’s Creed 3 e The Sims 2 antes de assumir um cargo no Google Stadia, expôs sua ideia pelo Twitter na quinta-feira e, naturalmente, recebeu uma enxurrada de críticas.

O diretor do Stadia argumentou que os jogos são a única indústria do entretenimento que permite que streamers transmitam o conteúdo sem qualquer licença paga ao fabricante.

“Os streamers preocupados em ter seu conteúdo removido porque usaram músicas pelas quais não pagaram deveriam estar mais preocupados com o fato de que estão transmitindo jogos pelos quais não pagaram também”, escreveu Hutchinson. “Tudo acaba assim que os editores decidirem aplicar essa regra”.

“A verdade real é que os streamers deveriam pagar aos desenvolvedores e editores dos jogos que transmitem. Eles deveriam comprar uma licença como qualquer empresa real e pagar pelo conteúdo que usam”, acrescentou ele.

Os comentários de Hutchinson tiveram grande repercussão e foram criticados pela maioria, que reconhece uma dinâmica diferente na relação entre os jogos e os streamers. Diferente de músicas ou filme, são as editoras de jogos que tendem a pagar para streamers transmitirem seus jogos por entenderem que há o benefício da promoção dos mesmos.

DanTDM, um YouTuber com mais de 23 milhões de assinantes, criticou a postura do executivo do Stadia. “Opinião terrível”, escreveu ele. “A quantidade de exposição que os YouTubers dão aos jogos apenas por jogá-los vale muito $$$ por si só. Alguns jogos são comercializados APENAS por meio de influenciadores agora, porque é muito forte e funciona”.

“Você também é o Diretor de Criação do Stadia. O Stadia literalmente pagou a mim e a muitos outros para promover seu produto…”, acrescentou ele.

Mais tarde, Hutchinson tuitou: “É incrível para mim que as pessoas fiquem chateadas com alguém dizendo que os criadores de conteúdo deveriam ter permissão para ganhar parte do dinheiro de outras pessoas usando seu conteúdo para lucro”.

A reação negativa aos comentários de Hutchinson provocaram uma resposta oficial do Google, que disse em um comunicado: “Os tweets recentes de Alex Hutchinson, diretor criativo do Montreal Studio of Stadia Games and Entertainment, não refletem as opiniões do Stadia, YouTube ou Google”.

Formalmente, algumas empresas cedem o direito de transmissão dos jogos aos usuários nos termos de uso, mas muitos sequer mencionam essa questão, o que torna a prática uma zona cinzenta onde impera o chamado “fair use” (uso justo).

O post Executivo do Google diz que streamers deveriam pagar licença aos criadores dos jogos apareceu primeiro em Outer Space.

O conteúdo Executivo do Google diz que streamers deveriam pagar licença aos criadores dos jogos aparece primeiro em Notícias Última Hora.

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
01511993455895